Entre as artes da literatura e dramaturgia do corpo, a influência das artes visuais e do teatro e dança, iremos criar um espaço poroso, que possa borrar as fronteiras entre essas linguagens, para instaurar uma conversa frutífera entre elas. Instaurar cenas, a partir do manuseio de materiais advindos dessas linguagens, em relação com o corpo e com o ambiente de natureza, no qual estaremos inseridos. Práticas:

•Relação do corpo com o tempo-espaço.

•Despertar as relações sensoriais mais sensíveis em relação ao próprio corpo, aos outros corpos e ao entorno.

• Evocação da memória sensorial do corpo.

• Dramaturgia do corpo e sua relação com a poesia, literatura e dramaturgia teatral.

• Práticas de artes corporais advindas da dança contemporânea e do teatro.

• Escrita no corpo e criação de cenas breves, a partir da observação e manipulação de todo o material trabalhado.

• Instaurar espaços de transição, nos quais o corpo passa a deixar-se adentrar e afetar pela natureza, ao invés de ser mero espectador dos ciclos e fenômenos da natureza.

• Serão feitas práticas em sala fechada e outras em espaços da natureza.

 

Roberto Santos https://www.instagram.com/robertosantosartes/

Denise Courtouké https://www.instagram.com/denisecourtouke/

Escrevendo em um Corpo Poroso

R$ 990,00Preço
IPI / ICMS / ISS incl. |
  • Cada participante deverá levar um tablet, lap top ou caderno, para que possa escrever; pequenas peças de figurino, ou outros materiais pessoais, que façam parte de seu arquivo de memórias e inspirações serão bem-vindos para compor as cenas.